Comer um ovo por dia pode proteger o coração, sugere estudo

Resultados indicam que pessoas que consomem um ovo por dia reduzem de forma significativa os riscos de doenças cardiovasculares

O ovo, muitas vezes visto como vilão por causa do colesterol e da salmonela, pode ser um aliado da saúde do coração. Ao menos é o que sugere um estudo realizado por pesquisadores da China e do Reino Unido com dados de mais de meio milhão chineses e publicado nesta semana na revista científica “Heart”. Os resultados indicam que pessoas que consomem um ovo por dia reduzem de forma significativa os riscos de doenças cardiovasculares, em comparação com pessoas que não ingerem o alimento.

“O presente estudo revela que existe uma associação entre o consumo moderado de ovos (até um ovo por dia) e taxas mais baixas de eventos cardíacos”, dizem os pesquisadores. “Nossas descobertas sugerem evidências científicas para as diretrizes alimentares em relação ao ovo para o adulto chinês saudável”.

O estudo coordenado por cientistas do Centro de Ciências em Saúde da Universidade Pequim e da Universidade de Oxford analisou dados do China Kadoorie Biobank, com informações de 512.891 adultos com idades entre 30 e 79 anos, de dez regiões diferentes da China. Os participantes foram recrutados entre 2004 e 2008, e, entre as perguntas, foram questionados sobre a frequência do consumo de ovos. Eles foram acompanhados para determinar as taxas de morbidade e mortalidade.

Os pesquisadores focaram num grupo com 416.213 participantes, que não possuíam histórico de câncer, doenças cardiovasculares e diabete. Ao longo de nove anos, foram registrados 83.977 casos de doenças cardiovasculares, com 9.985 mortes, além de 5.103 eventos coronarianos. No início do estudo, 13,1% dos participantes relataram o consumo diário de ovos, enquanto 9,1% disseram nunca consumir o alimento.

Saiba mais no site iBahia

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.