Educa

Lixo doméstico em Macapá reúne 50% da concentração de Aedes, diz prefeitura

Secretaria de Saúde realiza novo Levantamento do Índice Rápido de Infestação. Objetivo é identificar os locais com maior número de focos de criadouros do mosquito.

Um novo ciclo do Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) segue até dia 22 com o objetivo de identificar os locais com maior número de focos de criadouros do mosquito nos 78 bairros de Macapá.

Segundo o coordenador do Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti, Kilder Vidal, cerca 6 mil amostragens devem ser levantadas durante o trabalho. Ele destaca que os altos índices de focos do mosquito encontrados no lixo doméstico.

“A maior concentração de criadouros do mosquito vem do lixo doméstico, em média 50% de cada levantamento que realizamos. São materiais que encontramos nos quintais, de uma casca de ovo até uma tampa de garrafa”, enfatizou.

Veja mais no G1

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.