Espetáculo mineiro “Fauna” é apresentado gratuitamente no Sesc Amapá

No período de 9 a 11 de outubro, na unidade Sesc Araxá, o sistema Fecomércio, através do Sesc Amapá, realiza mais uma edição do Circuito Palco Giratório 2018, com o espetáculo teatral “Fauna”  e a oficina: “O ator, o texto, a palavra” do grupo “Quatroloscinco” Teatro do Comum de Belo Horizonte (MG).

O espetáculo retrata um diálogo entre dois atores. Nesta peça-conversa, os artistas se misturam ao público para explorarem a dimensão política do corpo e seus afetos, fazendo borrar os limites entre o íntimo e o privado, o pessoal e o coletivo. A apresentação que possui classificação indicativa de 16 anos, acontece no dia 11 de outubro a partir das 20h, no salão de eventos do Sesc Araxá, com entrada gratuita.

A oficina será realizada nos dias 9 e 10 de outubro a partir das 18h, no salão de eventos do Sesc Araxá, as inscrições são gratuitas com vagas limitadas. Voltadas para atores, estudantes de teatro, artistas cênicos profissionais e em formação. Os interessados em participar devem se dirigir a o setor de cultura do Sesc Araxá para realizar sua inscrição presencial.

Grupo “Quatroloscinco” – Teatro do Comum – Belo Horizonte (MG).

Este grupo mantém, desde 2007, um trabalho continuado de pesquisa e prática teatral, tendo por base principalmente a criação coletiva e a dramaturgia autoral sob uma estética contemporânea. Considerado um dos mais destacados grupos da nova geração de teatro mineiro, acumula prêmios, críticas e apresentações em mais de 60 cidades de 15 estados do país, além de Uruguai, Cuba e Argentina.

O projeto Palco Giratório

Visa difundir as artes cênicas brasileiras, democratizar o acesso à cultura, possibilitando a troca de experiências e intercâmbios entre artistas e plateia. Assim, traz a Macapá. Gratuitamente, nos dias 9 e 10, a realização da oficina “o ator, o texto, a palavra”, a partir das 18h, na unidade Sesc Araxá. A oficina busca experimentar o trabalho do ator com o texto falado, o manejo da palavra, a ação vocal e descoberta das diversas camadas de um texto teatral. A partir da dramaturgia do grupo e de outros autores, os artistas do “Quatroloscinco” propõem construções e desconstruções do texto dramático.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.