Educa

Polícia de Mato Grosso investiga morte de cães em Alta Floresta

A Polícia Civil procura quem pode ter provocado a morte por envenenamento de pelo menos 20 cães em Alta Floresta. A cidade de 50 mil habitantes fica a quase 800 quilômetros da capital Cuiabá.

Apesar de apenas 4 boletins de ocorrência terem sido registrados até o momento, a delegada Ana Paula Reveles afirma que cerca de 20 animais mortos foram contabilizados este mês, a maioria em um único bairro.

Foi instaurado procedimento investigativo e algumas testemunhas foram ouvidas. A delegada relata o que foi apurado.

“O que chamou a atenção é que foram situações diversas. Não é o mesmo modo de agir. Os 15 primeiros animais mortos nesse mesmo bairro eram animais que estavam na rua; que teriam ingerido então uma carne supostamente envenenada. Outros animais foram mortos dentro de suas residências. Então alguém jogou a carne supostamente envenenada dentro dessas casas e os animais comeram e morreram em razão desse fato”

A carne supostamente envenenada foi apreendida e encaminhada para exame em Cuiabá.

Esta semana, outras pessoas vão ser ouvidas e haverá diligências para tentar identificar a autoria da ação criminosa.

Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, nativos ou domésticos é crime que pode ser punido com detenção de três meses a um ano, além de multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorrer morte do animal.

EBC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.