Educa

Manifestações contra cortes na educação começam cedo em várias cidades do país

Manifestações em defesa de recursos para a educação são convocadas para capitais e grandes cidades em todo o país, após o ministro da Educação, Abraham Weintraub, reduzir o orçamento das universidades federais e bloquear bolsas de pesquisa.

A reportagem da BandNews FM mostra desde cedo que os protestos tem a adesão de estudantes e também de trabalhadores da educação das redes pública e privada de ensino fundamental e médio.

Os atos têm o apoio de dezenas de escolas particulares em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo os organizadores, o objetivo é mostrar à população a importância das universidades no ensino, na pesquisa e na prestação de serviços à sociedade.

Alunos e professores da Universidade de São Paulo protestam com faixas e caminhão de som, na entrada da Cidade Universitária e em ruas do entorno, na zona oeste da capital paulista. Ouvintes da Rádio BandNews FM avisam que o cruzamento das avenidas Higienópolis e Angélica, no centro, está fechado por causa de protesto de estudantes. Os participantes são alunos dos colégios Rio Branco e Sion, que criticam os cortes de gastos no Ministério da Educação.

Em Belo Horizonte, um grupo de estudantes do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais fecha agora a Avenida Amazona, uma das mais importantes avenidas da capital mineira. Em Fortaleza, ocorre uma manifestação na Praça da Bandeira, no Centro.

Via Metro Jornal

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: