Formatura do Projeto Jovem Descolado acontece em Laranjal do Jari

Educa

Programação de formatura conta com apresentação cultural local; reconhecimento aos alunos destaques; entrega de certificados e show de stand-up, criado por um aluno do Projeto Jovem descolado em Macapá

 

Denyse Quintas

O Ginásio da Escola Municipal Tereza Teles, recebe 148 formandos, no Projeto Jovem Descolado em Laranjal do Jari. Foram 2 meses de atividades intensas e 110 horas/aulas. A capacitação no projeto, atende jovens com idade entre 16 e 24 anos, visando o desenvolvimento de competências e habilidades, que os levem a patamares mais elevados no mercado de trabalho.

Sebrae

Segundo o coordenador do Escritório Regional do Sebrae em Laranjal do Jari, Kleber Aguiar, os alunos foram avaliados durante a execução das atividades, no Projeto Jovem Descolado e recebem reconhecimento, os que se destacaram em cada turno, entre eles, manhã, tarde e noite. “Assiduidade, comprometido, responsabilidade, capacidade, iniciativa e produtividade foram os critérios decisivos para a escolha”, disse o coordenador do Escritório Regional do Sebrae em Laranjal do Jari, Kleber Aguiar.

Destaques

Avaliados semanalmente e por critérios, receberam reconhecimento, na Formatura do Projeto Jovem Descolado, os alunos que obtiveram as maiores notas. Para estes, o Sebrae oferece a cada aluno/destaque, um Curso de Informática totalmente pago pela instituição. Foram premiados os alunos Ana Joice Silva; Vinícius Nascimento; Jadiciane Ferreira; Arsênio da Silva; Danilo Benaion; e Vitória Santos.

Oradores

Emoção e maturidade, foram destaques nos pronunciamentos das oradoras, Ketlen Correa Machado (representante das turmas da manhã); Dayane Pureza Benaion (representante das turmas da tarde); e Lara da Silva Galvão (representante das turmas da noite).

O assessor de Políticas Públicas e coordenador do Projeto Jovem Descolado do Sebrae nos municípios do Amapá, João Marcelo Dias, parabeniza nominalmente, os dirigentes da instituição por disseminar o projeto no estado, agregar parcerias com o Governo do Estado do Amapá (GEA) e pelo empenho em apresentar jovens qualificados ao mercado de trabalho. “O Sebrae comemora e informa que está pronto para contribuir com a jornada empreendedora desses jovens”, declara o assessor de Políticas Públicas e coordenador do Projeto Jovem Descolado do Sebrae nos municípios do Amapá, João Marcelo Dias.

GEA

O secretário extraordinário de Políticas para a Juventude (Sejuv), Pedro Filé, evidencia que, “mais que qualificar o jovem para o mercado de trabalho, o Jovem Descolado também estimula o empreendedorismo, uma alternativa de empregabilidade”.

Testemunhos

Uma das participantes destaque, Ana Joyce, 17 anos, confessa surpresa que não esperava o reconhecimento, mas que já faz planos após o curso. “Não esperava, mas é gratificante saber que toda a dedicação teve uma recompensa. Vou tentar um emprego na área de eletromecânica em uma fábrica aqui da região”, afirma Ana Joyce.

Para a aluna Dayane Pureza, o Projeto Jovem Descolado, foi um aprendizado e mudou a vida dela. “Aprendemos a trabalhar em equipe e ter empatia ao próximo. Pensar grande, ser eficiente e pró ativo. Somos pessoas mudadas, que vencemos nossos medos e encaramos desafios”, finalizou a aluna Dayane Pureza.

Projeto

O Projeto Jovem Descolado, idealizado pelo Sebrae no Amapá em 2017, realiza a terceira edição, em parceria o Governo do Estado Amapá (GEA). Em 2019, oferecem 890 vagas, sendo 350 em Macapá e 180 por município, entre eles, Santana, Laranjal do Jari e Oiapoque.

O Sebrae, é o responsável pela gestão e execução do projeto, desde a articulação para viabilização de parcerias, assim como a construção de todo o processo metodológico do curso, inscrições, contratação e avaliação dos facilitadores, avaliação e acompanhamento dos cursos, controle durante as aulas e monitoramento pós-aulas, por meio de pesquisas com foco nos objetivos.

Sims

O projeto em 2019, conta com a parceria do GEA, por meio, da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims), que nesta edição, amplia o público, e atende jovens por demanda dirigida de políticas sociais, como indígenas, afrodescendentes, mulheres vítimas de violência e beneficiários dos programas Renda para Viver Melhor, Amapá Jovem e Passe Livre Estudantil.

Formatura

A formatura do Jovem Descolado em Laranjal do Jari, ocorreu no Ginásio da Escola Municipal Tereza Teles, na última sexta (1º), às 18h.

Parceiros

A formatura do Projeto Jovem Descolado em Macapá, conta com as presenças do coordenador do Escritório Regional do Sebrae em Laranjal do Jari, Kleber Aguiar; assessor de Políticas Públicas do Sebrae no Amapá e coordenador do Projeto Jovem Descolado nos municípios, João Marcelo Dias; gestora do Projeto Jovem Descolado no Sebrae, Thaís Almeida; analista de Atendimento do Sebrae em Laranjal do Jari, Cleane Ferreira; secretário extraordinário de Políticas para a Juventude do Estado do Amapá (Sejuv), Pedro Filé; coordenadora do Superfácil e do Projeto Amapá Jovem em Laranjal do Jari, Milene de Oliveira; representando a Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social em Laranjal do Jari (SIMS), Ângela Quaresma; representando a Secretaria Extraordinária de Políticas para os Povos Afrodescendentes, secretária de gabinete Nathália Jucá; instrutor do Sebrae, mentor, incentivador do Projeto Jovem Descolado em Laranjal do Jari, Douglas Setubal; e o formado pelo Projeto Jovem Descolado em Macapá, Tiago Lopes.

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.