Solidariedade Expressa: Correios apoia distribuição de donativos em Minas Gerais

Os Correios estão colaborando com a força-tarefa especial realizada pelo governo de Minas Gerais, que tem como objetivo ajudar as famílias atingidas pelas fortes chuvas que ocorrem no Estado. A estatal trabalha na distribuição dos donativos que estão sendo arrecadados em Belo Horizonte e levados para as cidades mineiras de Raposos, Montes Claros, Almenara, Manhuaçu e Governador Valadares.

Na madrugada desta quinta-feira (30), a iniciativa contou com a atuação de dezenas de empregados dos Correios, além do uso de veículos de grande porte, que estão alocados para fazer o transporte de colchões, kits de higiene e limpeza e cestas básicas. Cerca de 100 toneladas de material arrecadado já foi transportado pelos Correios.

Veja também:

Regulamentação da profissão de instrutor de pilates está em análise no Brasil

Inmetro alerta consumidores sobre compras para o carnaval

O trabalho de recolhimento das doações está sendo conduzido pela Defesa Civil e Polícia Militar estaduais, em parceria com o Serviço Voluntário de Assistência Social (SERVAS), entidade sem fins lucrativos. A população pode ajudar com doações. Confira aqui os pontos de entrega.

Solidariedade Expressa – A presença dos Correios em todo o Brasil e a sua capacidade logística contribuem para o desempenho do seu papel de agente de integração nacional. No contexto de mobilização social, em resposta a desastres naturais e de ajuda humanitária, historicamente a empresa realiza, em âmbito nacional, a ação “Correios Solidariedade Expressa”. A iniciativa consiste no transporte de donativos destinados às vítimas dos municípios e estados em situação de emergência ou calamidade pública oficialmente decretados. Responsabilidade, respeito às pessoas e integridade são alguns dos valores que definem a identidade corporativa da estatal.

Correios

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: