Laboratórios agropecuários poderão atuar no diagnóstico de covid-19

Anvisa alterou regulamento temporariamente

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alterou por seis meses o regulamento técnico para funcionamento de laboratórios clínicos. A medida, em caráter excepcional, permitirá a participação de laboratórios federais de defesa agropecuária, vinculados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na rede de laboratórios aptos a realizarem análises para o diagnóstico de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Para inclusão dos laboratórios do ministério, a diretoria colegiada da agência reguladora publicou resolução que suspendeu temporariamente o regulamento.

Veja também:

Covid-19 – cientistas lançam campanha de doação de insumos para testes

Antaq restringe embarque e desembarque nos portos

Conforme nota da Anvisa, “a suspensão de algumas exigências não exime os laboratórios federais de defesa agropecuária, entretanto, de atender os requisitos técnicos para garantir a qualidade e a segurança das análises para o diagnóstico da covid-19, conforme as diretrizes estabelecidas pelas autoridades de saúde.”

Vão participar desse esforço os laboratórios de defesa agropecuária de Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.

De acordo com o ministério, estão à disposição do Ministério da Saúde 84 laboratórios. Além das unidades de defesa agropecuária, há os laboratórios da Embrapa e da Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira (Ceplac). Os laboratórios estão distribuídos em 42 instalações localizadas em 19 estados e 27 cidades.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: