Está suspenso rodízio de veículo em Macapá

A Prefeitura de Macapá estabeleceu na noite desta quinta-feira, 30, o fim do rodízio de veículos na capital amapaense. A medida é prevista no Decreto n° 2.751/2020 e passa a valer a partir desta sexta-feira, 31 de julho.

De acordo com o diretor de Trânsito da CTMac, Manoel Filho, motoristas de transportes coletivos e particulares, além de passageiros, devem continuar a utilizar máscaras e manter todas as medidas de segurança determinadas pela prefeitura. “O uso de máscara nos veículos continua obrigatório. A medida ajuda no combate à proliferação do Coronavírus na capital e a resguardar vidas. Nossa equipe estará nas ruas e nos bairros orientando a população para o cumprimento das medidas. A intenção principal não é a multa, mas a conscientização da população para o uso necessário e obrigatório da máscara”, frisou.

Ainda segundo o decreto, profissionais de transporte de mercadorias e de passageiros devem adotar as seguintes medidas de prevenção do contágio pelo novo Coronavírus no exercício de suas atividades profissionais:

– Transporte de passageiros, estimular que as viagens sejam feitas, quando possível, permitindo-se a circulação de ar externo, evitando-se, quando não houver outros comprometimentos, fechar as janelas dos veículos;

– Disponibilização de álcool em gel 70% aos clientes; higienização das mãos, das superfícies de toque, sempre quando do início e ao final de cada atendimento, preferencialmente com álcool líquido 70% e/ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar;

– É obrigatório o uso de máscara por motoristas e passageiros, e o cumprimento das demais regras previstas na legislação em vigor;

– Durante a entrega das mercadorias, estimular a ausência de contato físico e direto com quem às receberá, restringindo acesso às portarias ou portas de entrada do endereço final, de modo que os profissionais da entrega não adentrem às dependências comuns desses locais, tais como elevadores, escadas, halls de entrada, e outros.

Balanço rodízio

A Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá realizou durante o período de 19 de março a 30 de julho diversas ações de fiscalização em bairros de Macapá. Foram abordados mais de 50 mil veículos e 700 notificações. Com a quarta etapa da retomada das atividades econômicas, à Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá deverá fiscalizar o uso de máscara de proteção do aparelho respiratório e de álcool em gel 70% por passageiros, motoristas e cobradores do serviço de transporte público coletivo do município.

Segundo o diretor de Transportes da CTMac, Edson Alves, as ações de fiscalização deverão ser intensificadas. “O rodízio de placas finalizou. Agora, iremos dar continuidade às ações de fiscalização dos transportes coletivos, táxis, mototáxi, entre outros, além do uso de máscara, que continua obrigatório, inclusive, dentro dos transportes”, destacou.

Infrações

De acordo com o Decreto nº 2.751/2020, quem não cumprir as normas estabelecidas pela gestão municipal poderá ser penalizado com advertências e multas de até um salário mínimo, no valor de R$ 1.045,00. O valor dobra para quem for reincidente.

Todo os valores arrecadados serão convertidos às instituições filantrópicas.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Amelline Borges

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: