AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Vacina Pfizer é 94% eficaz de acordo com estudo israelense

Desde de dezembro, país vacinou mais de 3,8 milhões de pessoas, 2,4 milhões das quais já receberam a segunda dose.

A principal seguradora de saúde de Israel afirmou neste domingo (14) que a vacina contra o coronavírus da Pfizer / BioNTech foi 94% eficaz, de acordo com um estudo realizado com mais de um milhão de pessoas vacinadas.

De acordo com a seguradora Clalit, seus cientistas testaram 600 mil pessoas que receberam as duas doses recomendadas da vacina e um número equivalente de pessoas que não receberam a injeção.

“Houve uma redução de 94% na taxa de infecção sintomática e uma queda de 92% na taxa de doença grave, em comparação com 600 mil [indivíduos] semelhantes que não foram vacinados”, explicou a empresa, em um comunicado.

Veja também:
Festival Imagem-Movimento inicia período de inscrições para XVII edição
Projeto Sebrae Delas oferece 120 vagas para empreendedoras de Macapá e Santana
Sisu 2021: inscrições devem começar em 6 de abril, diz MEC

“A eficácia da vacina é mantida em todas as categorias de idade, incluindo aquelas com mais de 70 anos”, acrescentou.

Desde meados de dezembro, Israel vacinou mais de 3,8 milhões de pessoas, 2,4 milhões das quais já receberam a segunda dose.

Veja mais no G1

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: