Facebook permitirá que criadores monetizem vídeos curtos na rede social

Rui Maciel

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (11) que permitirá aos criadores de conteúdo de sua plataforma gerar receita a partir de vídeos curtos – com um minuto de duração. Essa monetização poderá ser feita a partir da inserção de anúncios in-stream e também formato de stickers no conteúdo publicado. O anúncio foi feito em um blog da empresa rede social.

A empresa explicou que nos vídeos com um minuto de duração haverá um anúncio minimamente interrompido, sendo executado por 30 segundos. Para vídeos de três minutos ou mais, a publicidade pode ser mostrada por 45 segundos. Anteriormente, apenas vídeos de três minutos ou mais podiam gerar receita com anúncios in-stream, com um anúncio exibido não antes de 1 minuto.

Ainda de acordo com o Facebook, a inserção de publicidade em vídeos de curta duração se traduziu em pagamentos crescentes aos criadores de conteúdo – as receitas geradas com anúncios in-stream cresceram mais de 55% de 2019 a 2020 – com parceiros de vídeo de todos os tamanhos obtendo monetizações. A rede social citou como exemplo o UFC,que estaria gerando milhões de dólares anualmente por meio de publicidade nesse formato. E do final de 2019 até abril de 2020, a receita in-stream do chef coreano Seonkyoung Longest aumentou cerca de 50% ao mês.

O Facebook disse ainda que vem explorando formatos de anúncios in-stream, que aumentam o envolvimento por meio de recompensas ou interação com o produto – e isso também ajudaria a aumentar os pagamentos aos criadores de conteúdo. “Ao mesmo tempo, [esse padrão] fornece uma boa experiência de visualização para as pessoas e uma maneira para os anunciantes alcançarem públicos relevantes”, declarou a empresa.

Veja também:
Senac Amapá abre inscrições para vagas de emprego nesta segunda (15)
Escolas municipais discutem medidas sanitárias para retorno do ano letivo em 2021
Sebrae e Prefeitura de Itaubal estudam parceria para atender 65 famílias produtoras rurais

Requisitos para monetizar nos anúncios in-stream
O Facebook também atualizou os requisitos para os criadores de conteúdo que queiram utilizar os anúncios in-stream. Para usar o formato, eles devem ter 600 mil minutos no total visualizados a partir de qualquer combinação de uploads de vídeo – sob demanda, ao vivo e anteriormente ao vivo – nos últimos 60 dias.

Além disso, eles devem ter cinco ou mais uploads de vídeo ativos, ou vídeos ao vivo anteriormente. Eles devem ser publicados, não excluídos e estar em conformidade com as políticas de monetização de conteúdo da plataforma.
Os requisitos anteriores consideravam apenas vídeos sob demanda de, pelo menos, três minutos. Este critério atualizado ajudará os criadores de vídeo que criam principalmente vídeos ao vivo e curtos para monetizar seus vídeos gravados.

Por fim, os criadores de conteúdo ainda devem publicar de uma página (não de um perfil) com pelo menos 10 mil seguidores, ter 18 anos e estar localizado em um país com suporte. E sua página deve ser aprovada e permanecer em conformidade com as políticas de monetização de parceiros.

Veja mais no Canaltech

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: