Termo de Cooperação confirma parceria entre MP-AP e Instituto Leva Ciência

A Procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, assinou o Termo de Cooperação Técnica com o Instituto Nacional Leva Ciência: Diversidade e Transformação Social (INALC), representado pela presidente Danielle Brito. A formalização da parceria ocorreu durante o lançamento do programa Amazon Scientists, evento patrocinado pela Embaixada dos Estados Unidos, neste sábado, 27 de novembro. O promotor de Meio Ambiente, Marcelo Moreira, também assinou o Termo. Ainda na cerimônia de abertura do evento, parceiros da instituição receberam homenagens. A Banda de Música da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, sob o comando a regência do Mestre de Música Marcelo Fontes Higino, abriu as atividades.
O Termo de Cooperação Técnica é um instrumento que garante o apoio do Ministério Público do Amapá (MP-AP) na execução do programa Amazon Scientists, de incentivo à pesquisa voltado para crianças, adolescentes e jovens no Amapá e tem a duração de dois anos. O Programa será executado em Macapá, de fevereiro de 2022 a março de 2023, oferecendo 60 vagas preferencialmente para a rede pública de ensino. Os educandos serão incentivados para aprender a programar, criar e desenvolver games, animações, prototipagem em impressora 3D, Astronomia, observação do céu, uso de telescópio e outras atividades.

Com a assinatura do Termo de Cooperação, o MP-AP se une à EMBRAPA, SEBRAE, Instituto Federal do Amapá (IFAP), Campus Porto Grande e Observatório Nacional de Astronomia do Rio de Janeiro.

Instituto Leva Ciência

Formalizado em 2018, o INALC atua com 30 voluntários no trabalho de democratização do acesso à ciência e astronomia na educação infantil, ensino fundamental I e II e ensino médio, com base na metodologia STEAM (Science, Technology, Arts and Mathematics) com o objetivo de transformar a forma como o conteúdo é adquirido e transmitido com o uso da tecnologia, fundamentado nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Para alcançar o público desejado, os voluntários realizam workshops, mentorias e palestras científicas como principal ferramenta para a transformação social e educacional. A maior parte dos participantes dos projetos são de áreas periféricas e a maioria apresenta características como instrução precária e evasão escolar.

Homenagens e reconhecimento

Durante a abertura foram concedidos títulos de Amigo da Ciência à PGJ Ivana Cei, promotores Marcelo Moreira e Roberto Álvares, superintendente da EMBRAPA/AP, Nagib Melém, diretor- presidente do SEBRAE/AP, Waldeir Ribeiro e ao analista de Marketing da startup Proesc, Vítor Hugo. O estudante Pedro Lucas recebeu a premiação pelo 3º lugar geral na Feira Mineira de Iniciação Científica (FEMIC) com o Projeto Árvore Solar e também ganhou o prêmio Destaque por Projeto. Os estudantes Rebeca Costa e Adriana Amaral receberam o Prêmio da Agência Espacial Brasileira como participantes destaques da Maratona de Inovação – NASA – SPACE APPS CHALLENGE 2021.

As escolas estaduais Santa Maria e Maria Ivone de Menezes e a Municipal Maria Celes Coutinho, que abriram as portas para o Leva Ciência, também foram homenageadas. Duas participações virtuais movimentaram o público no decorrer da cerimônia, a da professora e Dra. da Universidade de São Paulo e coordenadora da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), Roseli de Deus, que palestrou sobre educação STEAM, e do adido para assuntos culturais da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil (U.S Embassy and Consulates), Toddy Miyahira.

Amazon Scientists

Após a abertura o INALC dá continuidade ao projeto com a formação de 30 voluntários de diversas áreas que estarão atuando durante os treze meses de execução. Será publicado um edital para que crianças, adolescentes jovens participem das atividades e tenham a acesso às metodologias STEAM. Em março de 2022 o Amapá receberá a visita do engenheiro e palestrante da NASA, George “Gabe” Gabrielle, que fará a divulgação científica e astronômica do Kennedy Space Center. Ele visitará escolas e o local onde o Amazon Scientists funcionará.

No primeiro semestre de 2022 os alunos passam pela iniciação à cultura interamericana e participam de intercâmbio técnico com profissionais das maiores feiras de ciências. No segundo semestre haverá exposição em parceria com a NASA Education com protótipos desenvolvidos pela própria NASA, além de mostras científicas, oficinas e workshop e a maratona de visitas nas escolas públicas com telescópios desenvolvidos por cientistas vencedores no prêmio Nobel de Física e astronautas.

“É uma honra o Ministério Público do Amapá ser parceiro do Instituto Leva Ciência, que está promovendo uma mudança importante para estudantes do Amapá, com o incentivo á pesquisa estudo, atendendo principalmente alunos de escolas pública, trazendo tecnologia e despertando a curiosidade que é estímulo para o desenvolvimento. Onde tem educação e conhecimento, o MP-AP está presente como incentivadora à projetos e ideias dessa natureza’, disse a PGJ Ivana Cei.

Asscom MPAP

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" para ajudar a manter esse site. basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: