Educa

Prefeitura oferece tratamento para fumantes em Macapá

Iniciou nesta quinta-feira, 12, na Unidade Básica de Saúde do Marabaixo, o tratamento para tabagismo oferecido pela Prefeitura de Macapá. O procedimento tem duração de um ano e tem como objetivo oferecer orientação, acompanhamento e apoio aos fumantes que decidem largar o vício.

A dona de casa Aparecida Pimentel faz uso de cigarro há mais de 20 anos e emocionada conta que já tentou largar o tabaco mais de três vezes. “Comecei a fumar ainda adolescente, e só quando tentei parar pela primeira vez é que percebi que eu já havia perdido totalmente o controle e não conseguia mais ficar sem o cigarro. Hoje me sinto mal por não conseguir largar o vício e estou buscando aqui o apoio que eu preciso para parar de fumar”.

O tratamento é coordenado por uma equipe multiprofissional de médico, farmacêutico, assistente social, psicólogo e nutricionista. A Prefeitura de Macapá fornece alguns medicamentos como os adesivos transdérmicos de nicotina. “O uso de remédios é muito eficiente, mas só teremos o resultado esperado através da força de vontade dos pacientes em realmente largar o tabaco e perceber os riscos que o uso prolongado dele causa mal à saúde”, reforçou a coordenadora do Programa de Controle do Tabagismo, Martiana Barros.

Os benefícios para quem deseja parar de fumar são vistos desde o instante da decisão, pois em 20 minutos sem cigarro o usuário tem sua pressão arterial e batimentos cardíacos normalizados. Em 8 horas os níveis de monóxido de carbono voltam ao normal, em um dia ocorre a redução de risco de ataque cardíaco. Em 15 a 20 anos o risco de câncer se aproxima do de uma pessoa que nunca fumou.

O tratamento de tabagismo está disponível nas UBS’s do Marabaixo e do Beirol, e Policlínica na Unifap. Novos grupos são formados a cada três meses. No primeiro mês os encontros são feitos semanalmente e posteriormente de quinze em quinze dias.

Jamile Moreira/Asscom Semsa

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: