Cultura do Amapá é destaque em Belém com exposição “As tias do Marabaixo”

Mais de cem pessoas já visitaram a exposição As Tias do Marabaixo, do jornalista, fotógrafo e cineasta Fabio Gomes, na Galeria Theodoro Braga, localizada no Centur, em Belém. A mostra em homenagem às pioneiras Tia Zefa, Tia Chiquinha (in memoriam), Tia Biló, Natalina e Tia Zezé pode ser vista até o próximo dia 12 de abril.

Os visitantes poderão ver num mesmo ambiente as 18 fotos já expostas em 2014 na Fortaleza de São José de Macapá e os cinco curtas-metragens lançados em 2015. Para que os curtas sejam exibidos de modo contínuo, foi criado um espaço de cinema dentro da galeria.

– Esta exposição é o maior evento dedicado ao projeto As Tias do Marabaixo, iniciado há três anos – comenta Fabio Gomes. – Fotos e curtas já haviam sido apresentados juntos antes em Salvador (BA) e Paraíso (TO), mas sempre em eventos de um dia. A exposição em Belém vai ficar em cartaz praticamente um mês.

Aberta em 15 de março, a mostra tem recebido tanto visitantes avulsos quanto grupos. Entre eles, uma caravana de alunos da Aliança Francesa de Belém, que fizeram um passeio ciclístico por praças e galerias de arte da capital paraense na manhã do domingo, 19 de março. A galeria abriu neste horário especialmente para recepcionar o grupo. Outra visita de destaque foi a de alunos do projeto Cirandas de Histórias e Mil Leituras, da Creche Lar Cordeirinhos de Deus, no dia 20.

A mostra também marca o início da cooperação entre a Galeria Theodoro Braga e o Cinema Líbero Luxardo, igualmente localizado no Centur. Desde o dia 22 de março, as sessões do cinema são abertas por uma chamada convidando os espectadores para visitarem a galeria.

A exposição As Tias do Marabaixo foi selecionada no Edital Pauta Livre 2017, que integra o Programa Seiva de Incentivo à Arte e à Cultura da Fundação Cultural do Pará.

 

Serviço

Exposição As Tias do Marabaixo

Galeria Theodoro Braga (Centur)

Av. Gentil Bittencourt, 650, subsolo – Nazaré – Belém

Segunda a sexta, 9h às 18h

Entrada gratuita

O artista fica à disposição para conversar com o público diariamente das 16h às 17h30.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: