Avança estudo para tornar a Fortaleza de São José de Macapá um Patrimônio Mundial pela Unesco

Encontro do grupo de trabalho aconteceu na segunda-feira, 2, e contou com 18 órgãos estaduais e federais que nivelam informações e estratégias.

Weverton Façanha

Iniciou nesta segunda-feira, 2, mais um encontro do Grupo de Trabalho, formado por 18 órgãos estaduais e federais, para nivelar as informações e traçar as estratégias no segmento do Plano de Negócios, que faz parte da consolidação da candidatura da Fortaleza de São José de Macapá ao título de Patrimônio Mundial da Humanidade, outorgado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

As reuniões encerram na sexta-feira, 6, com um seminário onde será apresentado a consolidação do Plano de Negócios para a Fortaleza.

“Nossa meta é fazer um trabalho para construir uma base para que este monumento seja uma referência no Brasil e no mundo e, para isso, precisamos dessa união e condensar todas as informações, assim teremos um planejamento estratégico usando o forte como produto”, destacou o governador em exercício, Jaime Nunes.

Veja também

Vagas de emprego do Sine Macapá para o dia 3 de março

Alimentação saudável: veja mudanças que o cardápio sem glúten pode trazer

Durante a semana serão realizados diversos debates para montar o plano, através de vários subgrupos que montarão o plano.

“Temos que apresentar muitos documentos técnicos para a Unesco e o Plano de Negócios está incluso nesse amplo estudo sobre a Fortaleza. Ainda este ano teremos muitos encontros deste grupo para definir outras ações sobre o nosso forte”, informou o chefe adjunto do Gabinete do Governador e gerente-executivo do projeto de candidatura da Fortaleza, Carlos Marques.

No próximo ano, o Comitê da Unesco deverá realizar uma vistoria no monumento, antes da certificação da Fortaleza de São José de Macapá como patrimônio mundial.

Obras

O governo já executou as obras de revitalização da área externa da fortaleza – anfiteatro e Parque do Forte – que foram entregues à população no ano de 2018.

Atualmente, estão em execução as obras de impermeabilização das casamatas, que, além de ajudarem na preservação do bem, possibilitarão o uso destes espaços em atividades pedagógicas, comerciais, de capacitação e de lazer.

Portal do GEA

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: