Aplicativo ajuda pesquisadores no registro de onças em todo o país

Manaus, AM — Pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) pretendem mapear registros de onças em todo o país, por meio de um aplicativo de celular. O Oiaa Onça já está disponível para download.

Iniciativa é do projeto de extensão universitária Amigos da Onça, que desde 2016 monitora notícias sobre avistamentos de animais e conflitos entre seres humanos e grandes felinos.

“Em vez de ter os dados a cada 5 anos, em alguma publicação científica, teremos on-line 24 horas por dia”, afirma o biólogo Rogério Fonseca, professor da UFAM.

Mas ele esclarece que os dados vão estar acessíveis apenas a pesquisadores registrados no sistema. Uma medida para evitar que a ferramenta seja usada, por exemplo, por caçadores.

Por meio do aplicativo, sinais da presença de onça como pegadas, fezes ou mesmo avistamentos, além das coordenadas geográficas podem ser registrados. A validação é feita por especialistas do projeto.

O professor universitário diz que é uma iniciativa de ciência cidadã, que coloca um grande número de pessoas, com profissionais da assistência técnica rural e estudantes, além obviamente de pesquisadores.

Até agora, foram feitos cerca de 30 registros por meio do aplicativo, todos no estado do Amazonas. O primeiro foi de uma onça-parda, na área urbana de Manaus.

A presença do animal havia sido registrada por servidores do Ministério Público Estado e órgãos de proteção. A comprovação veio em uma visita do biólogo ao local, acompanhado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

Veja íntegra no site O Eco

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: