Ecótono: encontro de ecossistemas no Bioparque da Amazônia busca conscientização ambiental

Educa

Um espaço de encontro entre ecossistemas formado por floresta de terra firme, cerrado e campos inundados (áreas de ressaca), denominado Ecótono, será mais um ponto para visitações no Bioparque da Amazônia. O termo é um conceito de uma região resultante do contato entre dois ou mais biomas fronteiriços. São áreas de transição ambiental, onde entram em contato diferentes comunidades ecológicas, ou seja, a totalidade da flora e fauna que faz parte de um mesmo ecossistema e suas interações.

Fotos: Max Renê

A diretora técnica do Bioparque, Adriane Formigosa, ressalta a relevância dos diferentes tipos de vegetação do local. “Aqui, por ser em perímetro urbano, nós temos esse diferencial do Ecótono com três paisagens diferentes, de fácil percepção para o público que vier conhecer esse espaço. A partir do momento em que as pessoas conhecerem esses ecossistemas, haverá uma maior conscientização para a preservação da mata atlântica, do cerrado, o porquê da importância deles e como se complementam sendo diferentes”.

O Bioparque será reaberto pela Prefeitura de Macapá nesta sexta-feira, 25 de outubro, para autoridades, convidados e população macapaense. Faz parte do projeto Macapá Rumo aos 300 anos, que, por intermédio de um planejamento estratégico, visa desenvolver Macapá em diferentes aspectos, com investimentos em inovação, tecnologia e sustentabilidade.

Cliver Campos

Aprecie a boa música da Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.