Depressão representa 23% dos atendimento sambulatoriais e hospitalares em saúde mental no SUS

Educa

Lívia Almeida – Da Redação*

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) quase 12 milhões de brasileiros sofrem de depressão, sendo a maior taxa da América Latina e a segunda maior das Américas, perdendo para os Estados Unidos apenas.

Atendimentos no SUS

O Sistema Único de Saúde afirma que 23% dos seus atendimentos ambulatoriais e hospitalares em saúde mental são de casos de depressão. Os atendimentos e diagnósticos são feitos em sua maioria nas Unidades de Saúde Básica (UBS), representando um percentual de 69%.

Afastamentos em postos de trabalho

Outro dado relevante é o número de trabalhadores que se afastaram do trabalho em função da doença. No ano de 2016 foram 75,3 pessoas afastadas de suas funções.

Suicídio

Diferente de outras doenças, nem sempre os sintomas da depressão são percebidos, acarretando na discriminação. Quando o paciente encontra-se em um grau elevado da doença pode chegar a óbito, através do suicídio. Os principais casos são de pessoas que não identificaram ou não trataram ao distúrbio.

Combate à depressão

Com números alarmantes, a Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que institui o dia 15 de setembro como Dia nacional de Prevenção e Combate à Depressão.O objetivo é conscientizar mais pessoas a respeito do tema e da seriedade com a qual ele deve ser debatido, além da constante procura por políticas públicas eficazes.

CVV

Um dos meios de apoio às pessoas que sofrem de depressão é o Centro de Valorização à Vida (CVV), que atende através do número 141. Vários voluntários se dispõem a conversar e ouvir quem precisa, transmitindo mensagens de solidariedade e apoio.

*Com informações do site Folha Vitória

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Um comentário em “Depressão representa 23% dos atendimento sambulatoriais e hospitalares em saúde mental no SUS

  • novembro 13, 2019 em 4:05 pm
    Permalink

    A depressão é uma doença psiquiátrica grave que apresenta sintomas recorrentes de tristeza profunda, baixa auto-estima e prostração.

    Resposta

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.