Astronautas na ISS flagram cometa com cauda extremamente brilhante

Luz intensa de NEOWISE ofuscou outros cometas que viajavam pela atmosfera terrestre
Nina Gattis

Astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) capturaram neste sábado (4) o momento em que um cometa deu um show de luzes acima da atmosfera da Terra.

Chamado de NEOWISE – ou C/2020 F3 -, o cometa apareceu pela primeira vez em março deste ano, mas ainda não era tão visível no céu. Na época, os astronautas não sabiam que isso mudaria, contudo, com o passar do tempo, o brilho do cometa foi ficando cada vez mais intenso, a ponto de ofuscar a luz de outros dois cometas mais recentes.

Veja também:
Momento Espírita: Pernicioso sentimento
Amapá tem 30.004 casos confirmados, 4.429 em análise laboratorial, 17.850 pessoas recuperadas e 449 óbitos
Conheça os programas que ajudam a identificar plágio em trabalhos acadêmicos

Bob Behnken, um dos astronautas da Nasa enviados ao espaço a bordo da nave Crew Dragon, da SpaceX, tuitou as fotos que registrou no último sábado (4). “Os fogos de artifício de ontem à noite, de verdade”, escreveu Behnken, em alusão ao festival de fogos que encheu o céu dos Estados Unidos no mesmo dia, em comemoração à independência do país.

Além de Behnken, o astronauta russo Ivan Vagner, um de seus colegas na ISS, também fotografou o cometa viajando sobre a atmosfera azul da Terra. Vagner comentou particularmente sobre a parte que mais chama a atenção em NEOWISE: sua cauda extremamente brilhante se comparada ao rastro deixado por seus primos rochosos, os asteroides.

Veja mais no Olhar Digital

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: