AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

CEU das Artes é palco do 1º Campeonato de Skate da Zona Norte

O CEU das Artes (Centro de Artes e Esportes Unificados) será palco, no dia 17 de janeiro, do 1º Campeonato de Skate da Zona Norte. A Prefeitura de Macapá, através da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult), é parceira desta iniciativa, que integra a programação do VII Festival Quebramar, realizado pela Casa Fora do Eixo Amapá. O campeonato conta também com a parceria do Na Base Skateshop, e tem o objetivo de promover o espaço para a prática do skateboard, apresentar os atletas destaques da região e incentivar o desenvolvimento do esporte que ganha cada vez mais adeptos e que já se consolidou em solo amapaense.

O evento começa às 16h, com as modalidades Iniciante e Amador. As inscrições serão realizadas no dia do evento, com taxa de R$ 10,00, havendo premiação para os três primeiros colocados. O campeonato conta com a participação do grupo Repzônia, que promete muito rap no skatepark do CEU.

O VII Festival Quebramar é apresentado pela Petrobras, após ser contemplado pelo Programa Petrobras Cultural. Integra a Rede Brasil de Festivais Independentes e Circuito Amazônico de Festivais Independentes, recebe o apoio da Prefeitura Municipal de Macapá e tem como realizador a Casa Fora do Eixo Amapá.

Festival

Considerado um dos maiores festivais de artes integradas da Amazônia, o Festival Quebramar inseriu o Amapá no mapa da cena musical independente do Brasil. Em sua sétima edição, será realizado de 03 a 08 de março e traz em sua programação nomes importantes do cenário cultural do Brasil, bem como artistas destaques da Região Norte. Na edição anterior, 15 mil pessoas participaram da programação, que ocupou vários espaços de Macapá, durante cinco dias, com atividades de formação, circulação, integração e difusão, utilizando-se da aplicação de tecnologias livres em sua composição.

Desde seu surgimento, em 2008, o Quebramar já envolveu cerca de 700 músicos, em 170 shows, e recebeu mais de 40 atividades de formação, entre painéis, oficinas e intervenções ecológicas. Este ano serão realizados quatro dias de prévias nas escolas, três dias de ‘Batalhas de Bandas’, três dias consecutivos de eventos, com shows musicais, espetáculo teatral, esportes radicais.

Em todos os cinco dias de evento haverá rodas de discussão sobre arte, política e cultura, oficinas livres, exposição de artes visuais permanente e mostras de audiovisual, em parceria com os grupos cineclubistas locais, com o envolvimento de aproximadamente 70 agentes culturais da Amazônia e demais regiões do país.

Com informações da Assessoria Quebramar

Asscom PMM

Foto: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: