Educa

Pedido de impeachment de governadora de Roraima é protocolado

Documento foi protocolado na Assembleia Legislativa do Estado e tem como base relatório da CPI que aponta desvio de R$ 20 milhões do sistema prisional

O relator da CPI do Sistema Prisional, deputado Jorge Everton (PMDB), protocolou nesta segunda-feira (19) na Assembleia Legislativa de Roraima o pedido de impeachment da governadora Suely Campos (PP). De acordo com o parlamentar há indícios suficientes de improbidade administrativa para que a progressista seja afastada do cargo. O pedido tem como base as investigações da CPI do Sistema Prisional. As informações são do G1 Roraima.

“A solicitação de afastamento da governadora tem como base algumas informações da CPI e fatos novos que chegaram a nosso conhecimento”, declara Everton. Em nota, a secretaria de Comunicação Social do governo disse que “o pedido de impeachment da governadora Suely Campos é uma aberração jurídica, forjada pelo deputado Jorge Everton e pela oposição da Assembleia Legislativa que teve contratos desfeitos na gestão da governadora Suely Campos, inclusive no fornecimento de alimentação para o sistema prisional”.

O relatório da CPI indica o desvio de R$ 20 milhões na Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc) e acusa a governadora de crime de responsabilidade por não ter impedido o gasto e nem punido os envolvidos. O relatório também pediu o indiciamento de 13 servidores da pasta, incluindo dois ex-secretários.

Portal Amazônia

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: