Apresentação de batuque mirim e pluralidade em sala de aula dão início ao V Encontro do OIIIIPe

O V Encontro do Observatório Internacional de Inclusão, Interculturalidade e Inovação Pedagógica (OIIIIPe) teve início na quarta-feira, 9, com cerimônia de abertura e apresentações lúdicas no Teatro das Bacabeiras. Essa é a primeira vez que o OIIIIPe vem para Macapá. A realização do evento é uma parceria entre as universidades Federal e do Estado do Amapá, junto com a Prefeitura de Macapá e demais órgãos. O evento contou com a participação de aproximadamente 700 inscritos.

 

Na abertura do evento, a apresentação do grupo de Batuque Mirim Som do Coração, da Escola Municipal Goiás. As crianças deram um show cantando e dançando no palco, dando início ao encontro que irá reunir ciência, debate e oficinas de capacitação para professores da rede pública de ensino até 11 de maio. O OIIIIPe foi fundado em 2015 e é integrado por 27 universidades públicas de sete países diferentes, os pesquisadores do grupo têm discussões voltadas para a diversidade, seja em sala de aula ou no meio social como um todo, destacando a pluralidade cultural, ética, racial, sexual, entre outras que integram os desafios atuais para professores e os sistemas educacionais.

 

A subsecretária municipal de Educação, Francisca Antônia Oliveira, compôs a mesa de abertura da cerimônia, reforçando os motivos da importância de Macapá estar sediando o encontro, além da oportunidade única de contato entre educadores e estudantes locais com nomes nacionais e internacionais da área pedagógica acadêmica. “É uma oportunidade ímpar para todos nós, profissionais, e, principalmente, para aqueles que estão diariamente nas escolas, com a ação continuada e oportunizando conhecimentos. Este é o momento de fazermos uma reflexão sobre o que é inclusão, o que realmente estamos incluindo, como fazemos isso e o nosso papel neste processo. É uma forma de oportunizar ao cidadão e valorizar a pluralidade da nossa comunidade”, reforçou.

 

A equipe da Semed também falou durante o evento, apresentando os projetos inclusivos desenvolvidos pela prefeitura na área educacional e reforçando o compromisso com o respeito à diversidade e pluralidade dentro das escolas macapaenses. O evento também proporcionará capacitação para professores das redes públicas municipal e estadual, tudo por meio do resultado da parceria entre os pesquisadores dentro do Observatório.

 

Rafaela Bittencourt

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.