AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Moisés Rivaldo tem registro de candidatura rejeitado pela Justiça Eleitoral

Decisão se deu em razão do indeferimento do DRAP do Patri, que seguiu parecer do MP Eleitoral

A Justiça Eleitoral rejeitou, na sessão de julgamento desta sexta-feira (14), o registro de candidatura de Moisés Rivaldo (Patri), que pretendia concorrer ao cargo de deputado federal.

A decisão do pleno, por maioria de votos, deu-se em razão do indeferimento do demonstrativo de regularidade (DRAP) do Patri, seguindo parecer do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral).

Da decisão cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.
O DRAP do partido para o cargo de deputado federal foi negado por conta de irregularidade do Patri, no Amapá, na data de formalização dos registros de candidatura.

Em razão disso, o partido foi excluído da Coligação “Aliança Social e Democrática” integrada pelos partidos Democratas (DEM), Partido Progressista (PP), Partido Social Cristão (PSC), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Partido Social Democrático (PSD).

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: