AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Vacinação contra sarampo segue até 31 de outubro em Macapá

A Prefeitura de Macapá segue até o dia 31 de outubro a vacinação contra o sarampo. Desta vez, voltada para o público de 20 a 49 anos. Nesta etapa, a vacinação visa imunizar jovens e adultos que ainda não foram vacinados ou que já fizeram a dose da vacina anteriormente. Eles devem procurar as Unidades Básicas de Saúde (exceto as vocacionadas para o atendimento de casos de Covid-19), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mantendo sempre os cuidados necessários de prevenção e combate ao novo Coronavírus, como o uso obrigatório de máscara.

A vacinação foi prorrogada pelo Ministério da Saúde, que contabilizou que apenas 5,8% do público-alvo foi vacinado. Em Macapá, desde o início da campanha, foram vacinadas 24.600 pessoas. Deste total, 6.021 foram da intensificação da campanha feita em atacadões e supermercados da cidade.

Para vacinar, é necessário levar cartão de vacina ou um documento de identificação. “Continuamos com a vacinação nos postos das 8h às 17h, de segunda a sexta. A proposta é abranger a vacinação do público jovem, que, geralmente, é mais resistente em buscar os serviços de saúde”, explica a coordenadora municipal de Imunização, Jorsette Cantuária.

A vacina tríplice viral, além do sarampo, protege contra a rubéola e caxumba. De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica do Município, nos oitos primeiros meses de 2020, 67 casos foram notificados sendo 48 descartados e 12 confirmados. “É importante não só para esses jovens de 20 a 49 se manterem vacinados e procurar as unidades para fazer essa imunização, como também é muito importante que os pais possam manter a caderneta das crianças, principalmente as que estão iniciando o esquema vacinal,  atualizadas, para que elas estejam protegidas contra a transmissão do sarampo”, alerta a coordenadora.

O sarampo

É uma doença altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações e levar à morte. Ela pode ser evitada com a vacina tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Ela é aplicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Até os 29 anos, a recomendação é tomar duas doses do imunizante. Entre 30 e 59 anos, a pessoa deve ser vacinada uma vez. Para quem não sabe se já tomou o número adequado de doses, a orientação é se imunizar.

Secretaria de Comunicação de Macapá

Cássia Lima

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: