AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Mãe e filho criam aplicativo de transporte alternativo para amapaenses

Administradora e designer, que são empresários, afirmam que o Rapidola Amapá nasceu como solução aos preços abusivos cobrados por grandes empresas e para apoiar motoristas e clientes que dependem deste tipo de serviço

Recentemente acompanhamos através das redes sociais e dos veículos de comunicação as inúmeras reclamações de motoristas de transporte alternativo e de entrega, que desencadearam em uma manifestação nacional. Muitas pessoas se sensibilizaram com a classe, dentre elas o jovem empresário amapaense Cayton Farias e sua mãe, a administradora e empresária Ana Santos, mas eles foram além da sensibilização e decidiram criar uma solução.

“Depois de ver a manifestação nacional que os motoristas de aplicativo fizeram, fiquei me perguntando por que eles estavam reclamando do serviço de empresas tão gigantes. Foi então que vi que eles realmente estavam cobrando taxas absurdas em cima dos motoristas, que são os principais interessados”, explica Cayton.

Segundo o designer, já havia nele a vontade de montar um novo negócio, as manifestações dos motoristas e entregadores foram o empurrão que ele precisava. “Eu já estava pensando em abrir um novo empreendimento, só não sabia o que ainda. A necessidade que vimos neste problema, nos motivou a encontrar uma solução. Então, eu e minha sócia, que é a minha mãe tivemos a brilhante ideia de criar um aplicativo de motoristas especificamente para o Amapá, onde a gente conseguisse valorizar os motoristas da nossa terra”. 

Após a ideia, Cayton e Ana Santos começaram a idealizar o projeto. “Decidimos criar o app, e então ele foi desenvolvido pela Agência Talentos, que é a nossa empresa. Decidimos investir um capital relativamente baixo para a produção do aplicativo e conseguimos desenvolvê-lo e tirar custos que a gente teria com ele automaticamente para não cobrar estes custos dos nossos parceiros, que são os motoristas”, lembra Ana Santos. 

Após conseguirem montar o novo negócio com valor baixo, Cayton e Ana viram que era possível oferecer um serviço de transporte alternativo sem cobrar preços abusivos dos motoristas. “Após a criação e elaboração, conseguimos baixar o preço e não cobramos taxa de mensalidade, comemora Cayton.

Vantagens

Além de ser um serviço genuinamente amapaense, o Rapidola oferece diversas vantagens, como o valor acessível para clientes e facilidades para os motoristas. “As vantagens são a mensalidade acessível, não cobramos taxa por corrida e por ser um serviço local, conseguimos dar suporte aos nossos clientes – tanto passageiros, quanto motoristas – além de ser seguro, é mais barato para o passageiro, porque não cobramos taxa”, enumera Ana Santos.

Lançamento

O lançamento do Rapidola Amapá está previsto para o dia 28 de setembro e os criadores do aplicativo esperam um retorno positivo, como destaca Cayton: “Temos uma grande expectativa – para o lançamento do serviço -, porque estamos cobrando muito abaixo do preço de mercado. Então, o ideal é que as pessoas da cidade deem essa oportunidade para um aplicativo local, por ter um serviço diferente dos outros aplicativos que já existem no país”.

Os motoristas interessados em se cadastrar podem acessar o site do Radipola Amapá.

Sobre os criadores 

Ana Santos – é formada em Administração, já atua no mercado há 07 anos e é sócia na Agência Talentos.

Cayton Farias – é formado em Técnico em Designer, com 05 anos de experiência na área, além de ser sócio na Agência Talentos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: