AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Apagão no Amapá completa 15 dias. Estado continua com rodízio de energia

Empresa privada que opera a linha diz ainda que o fornecimento seguro pode ficar para 7 de dezembro. Amapaenses denunciam preço da tarifa enquanto seguem no escuro sem água, comida e serviços básicos

Os amapaenses entram, nesta terça-feira (17), em seu 15º dia sem energia elétrica no estado. O apagão no Amapá continua prejudicando parte da população de 13 dos 16 municípios, que seguem com rodízio irregular de energia. E a empresa responsável pelo fornecimento, a Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), avalia que o restabelecimento ainda pode ficar para 7 de dezembro.

Em documentos enviados ao Ministério Público Federal (MPF), obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo, a LMTE afirmou que a montagem de um transformador só será concluída “até” 7 de dezembro. A empresa é a responsável pelo transformador de energia que pegou fogo no dia 3 novembro. Havia ainda mais dois equipamentos, mas o segundo foi sobrecarregado, e o terceiro não estava em operação desde o ano passado.

A Linhas de Macapá pertence à companhia espanhola Isolux, que entrou em recuperação judicial, e hoje se chama Gemini Energy. Ela ganhou uma concessão pública para distribuir a energia no estado.

Socorro público a empresa privada
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Urbanitários do Amapá (STIUAP), Jedilson Oliveira, um dos transformadores foi consertado, o que garantiu um rodízio inicial no fornecimento de energia elétrica de seis horas. Alterado, recentemente, para quatro durante o dia e três à noite, devido a protestos da população que não havia sido contemplada pelo rodízio.

Veja mais no site Rede Brasil Atual

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: