Sustentabilidade começa com pequenas atitudes dentro de casa

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos uma lista de hábitos que queremos mudar — e nos esquecemos dela assim que a rotina recomeça. Mas não precisa ser assim. Ao contrário do que muitos ainda pensam, ser mais sustentável não precisa ser difícil, caro ou inacessível. Sustentabilidade começa com mudança de atitudes dentro de casa, com pequenas mudanças.

Pode parecer pouco, mas qualquer impacto a menos já faz diferença no combate às mudanças climáticas. E esse precisa ser um compromisso de todos para que a vida humana no planeta continue sendo viável a longo prazo. Alguns cientistas dizem, inclusive, que esse ano é crucial para conter os efeitos devastadores do aquecimento global.

Para te ajudar a começar 2021 fazendo a diferença, separamos algumas dicas de mudanças que você pode fazer no seu dia a dia, dentro de casa. É quase um compilado do que sempre estamos falando por aqui. Você pode adotar uma delas ou todas. Mas, elas estão interligadas e quanto mais, melhor.

Veja também:
A indústria de casino move-se progressivamente para a internet
Saiba como a tecnologia 5G pode ser aliada da nossa saúde
Saiba como amamentar seu bebê corretamente desde o primeiro dia

Produza menos lixo
Nas cidades brasileiras, uma pessoa costuma produzir 700 gramas de lixo por dia, o que significa uma média de quase 20 toneladas ao longo da vida. Como produzir menos lixo? Evite o uso de descartáveis, como o plástico, que pode demorar centenas de anos para se decompor.

Separe e recicle
Separe o lixo reciclável do orgânico e cobre das autoridades da sua cidade para que seja feita a coleta seletiva. Tenha duas lixeiras: uma para lixo seco e outra para lixo orgânico. Além disso, você pode criar uma composteira para adubar as plantas.

Reutilize
Aquela camiseta velha pode virar pano de limpeza, aquela lata de tinta pode virar vaso de plantas, aquela embalagem pode virar um porta temperos. Melhor do que reciclar, só reutilizar.

Veja mais no site Climatempo

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: