Governo edita MP que libera R$ 5 bilhões para o setor de turismo

Crédito beneficiará toda a cadeia, incluindo micro e pequenos negócios

O presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória (MP) nº 963/2020 que libera R$ 5 bilhões para o setor de turismo.

De acordo com o texto, publicado nesta sexta-feira (8) no Diário Oficial da União, os recursos vão reforçar o caixa do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) para serem aplicados no financiamento da infraestrutura turística nacional.

Veja também:

Ministério da Saúde habilita 116 novos leitos de UTI em quatro estados

Fluxo de veículos em Macapá está 50% acima do que deveria na pandemia

ONU triplica apelo e pede US$ 6,7 bi para ajudar países pobres

Em entrevista recente, no Palácio do Planalto, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, disse que o crédito emergencial por meio do Fungetur vai beneficiar toda a cadeia, incluindo os micro e pequenos negócios. “Eu sei que os empresários do setor de turismo estão indo às agências bancárias e não estão conseguindo os créditos”, argumentou.

Em abril, o governo já havia editado uma MP específica para os setores de turismo e cultura, que permitiu às empresas prorrogar o pagamento do reembolso de eventos e pacotes. Agora, os créditos vão atender a necessidade de capital de giro para os negócios, já que o segmento é um dos mais afetados pela pandemia.

A MP tem força de lei e já está em vigor, mas ainda será analisada pelo Congresso Nacional.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: