Primeiro EP da banda amazonense Doral conquista mais de 550 mil streamings no Spotify

Em 28 de julho de 2023, a banda Doral lançou o seu primeiro EP intitulado “Me Sinto Com Sorte”, com cinco faixas dedicadas à nova fase de sucesso. Em um mês, o impacto foi tão grande que o lançamento cativou mais de 550 mil streamings no Spotify.

Nascida em fevereiro de 2020 no Amazonas, a banda é composta por cinco artistas:  Filipe Shimizu na voz; Geezmo Neto e Alexandre Donsouzis na guitarra; Fabrinni Oliveira na bateria; e Abner Canela no baixo. As letras das faixas retratam temas do cotidiano, enquanto o ritmo eclético é profundamente marcado pela Nova MPB.

Ao longo de três anos e meio, a banda lançou 19 singles que cativaram o coração dos ouvintes. O sucesso mais recente é o EP “Me Sinto Com Sorte”, lançado no final de julho com as faixas “De onde eu venho”, “Dias claros”, “Samba de nós dois”, “Pra você saber” e “Toda minha saudade”.

Em pouco mais de um mês, o EP conquistou mais de 550 mil streamings no Spotify e impulsionou a marca de ouvintes mensais de 94 mil para 110 mil pessoas na mesma plataforma.

Segundo o guitarrista Alexandre Donsouzis, o EP é dedicado ao momento feliz que a banda vive:

“Ele se chama ‘Me Sinto Com Sorte’ porque é exatamente como nos sentimos. ‘A gente’ se sente muito sortudo por tudo que está acontecendo, pelas músicas estarem sendo ouvidas, compartilhadas. Pessoas do Brasil inteiro falando conosco: de Manaus, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba… Nos sentimos muito sortudos com tudo isso”, comenta.

A segundo Donsouzis, foram seis meses de investimento na construção das músicas: “o processo de criação foi todo internamente. Nós pensamos as músicas e conversamos com nosso selo [Papaya Music] pra escolher as melhores. A partir disso, fomos gravando e finalizando para as plataformas de streaming”, complementa.Todos os sucessos estão disponíveis gratuitamente no Spotify e no YouTube: youtube.com/@Doraloficial.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: