4º edição da Agroufam no Park Vieiralves acontece neste sábado (1), a partir das 6h

A Agroecologia é uma ciência que integra as dimensões da sustentabilidade e consiste em apoiar estilos de agricultura sustentáveis, sem insumos químicos e priorizando a saúde e bem-estar do consumidor. É com esta proposta que as famílias de pelo menos doze municípios do Amazonas trabalham e expõe seus produtos na Feira da Agricultura Familiar (Agroufam), que acontece neste primeiro sábado do mês (1) no Park Vieiralves.

Tradicionalmente, a feira acontece nas dependências da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Mas, como alternativa de aproximar ainda mais o consumidor dos produtores, o evento foi expandido para as dependências do Park Vieiralves, situado na Rua Rio Madeira, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. desde o início de março.

 

O espaço tem uma  proposta de entretenimento, unindo gastronomia, arte urbana, paisagismo,  área infantil, com direito à casa da árvore, programação multicultural e estacionamento próprio. Nos dias de feira, que começa a partir das 6h, os consumidores também têm a oportunidade de degustar um variado café da manhã regional.

 

Frutas, verduras, hortaliças, mudas de plantas ornamentais e medicinais, pescado, óleos, artesanato entre outros produtos de origem florestal e sem agentes químicos são comercializados por um preço acessível durante a Agroufam. Agricultura Familiar

 

Os expositores são os próprios produtores, que interagem com os clientes, possibilitando a autonomia e incentivo a produção de alimentos saudáveis. “Essa experiência no Park será é mola propulsora para potenciais mercados dessa modalidade de feira que integra a produção familiar e possibilita para os consumidores conhecerem melhor a produção da agrobiodiversidade amazônica, tanto da agricultura quanto do artesanato”, diz a coordenadora do projeto, Jozane Lima.

 

A feira acontece a partir das 6h, na Rua Rio Madeira, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul, e encerra  às 13h. Participam produtores de comunidades dos municípios de Iranduba, Careiro da Várzea, Maués, Rio Preto da Eva, artesãos do Igapó-Açu (na BR 319), Comunidade Maroága, em Presidente Figueiredo e também da região rural de Manaus.

 

Asscom JACC Economia Criativa

Raquel Mendonça

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: